• 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5

Serviços Internet

  • 1

Alojamento de Sites | Hospedaegm de Sites

Se procura espaço num servidor para alojar o seu domínio, temos a solução para si. Os nossos servidores Unix da Sumermicro com processadores Intel Xeon 64bit Quad-Core e com software Apache de elevado desempenho certamente servirão as suas necessidades.

Podemos alojar domínios internacionais de todos os países. Podemos fazer por si o registo de domínios .pt, .com, .net, .org  e muitos outros (consulte aqui a lista de domínios que podemos registar).

Alugamos espaço para domínios registados noutros países onde é necessário um endereço para registar mas você terá que proceder a esse registo.

Se pretende alojar o seu site e não pode ou não quer registar um domínio próprio, contacte-nos.

Temos também soluções de alojamento do seu site como subdomínio de um domínio de grande tráfego onde o seu site terá grande visibilidade em todo o mundo e nomeadamente em toda a comunidade lusófona.

Subscrever o aluguer de espaço para o seu domínio é muito simples. Consulte aqui as várias Contas de Alojamento de Sites que oferecemos e respectivas características. Escolha a que pensa melhor servir as suas necessidades.

Depois é só preencher este fomulário para encomendar a sua conta.

A sua conta estará disponível em 24 horas (dias úteis) após verificação do pagamento. Passará a ter acesso ao seu domínio e poderá começar a proceder à transferência dos seus ficheiros.

Após alojar o seu domínio há que divulgá-lo o máximo possível. Consulte-nos. Com a nossa experiência podemos ajudá-lo a fazer o marketing do seu site e dar-lhe a exposição necessária através da nossa rede de sites.

 

Novos mercados na Lusofonia

Ao longo dos nossos catorze anos de existência já ajudámos centenas de clientes na sua aventura na Internet, ajudando-os a conquistar novos clientes e a chegar a mercados que, de outra forma, só conseguiriam com enormes custos. Através da nossa rede lusófona descobriram novos mercados, quer nos países de língua portuguesa, quer mesmo nas comunidades lusófonas residentes em países estrangeiros.