• 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5

Artigos sobre Webdesign e optimização de sites

Google abandona Instant Preview

O Google deixou oficialmente de mostrar uma imagem instantânea dos sites na pesquisa (Instant Preview) a 24 de Abril de 2013.

Esta funcionalidade nas pesquisas do motor de busca implementadas em Novembro de 2010 e analisada no nosso artigo Google Instant Preview vai afectar o tráfego do seu site?, gerou controvérsia na altura e está igualmente a gerar controvérsia agora.

O acesso à versão guardada em cache dessa página e às páginas semelhantes é agora fornecido por uma seta pequena logo a seguir ao URL do site apresentado na pesquisa. Curiosamente o mesmo método usado pelo Bing há já bastante tempo...

O Google diz que deixou cair esta funcionalidade devido à sua fraca utilização por parte dos utilizadores. Se calhar não é bem essa a razão. Ao percorrer os forums na Internet acerca deste assunto é fácil perceber que os utilizadores não estão nada de acordo e a maioria afirma mesmo que isto é uma grande perda e que usava esta funcionalidade todos os dias. Há mesmo muita gente que não está nada contente com esta funcionalidade nas pesquisas que permitia, de forma instantâne e sem ter que entrar no site, obter uma imagem do seu conteúdo e, assim, decidir se valia a pena entrar no site ou não.

Então se muita gente usava esta funcionalidade porque é que o Google diz que a sua utilização era fraca como desculpa para a ter abandonado?

No nosso artigo anterior, referido acima, colocávamos a questão de o Instant Search poder prejudicar o tráfego do seu site. É um facto que podia. Mas a questão aqui mais importante é se podia prejudicar o tráfego do Google. Basta pensar um pouco para se chegar a essa conclusão. Se as pessoas não têm necessidade de clicar em todos os sites apresentados na pesquisa para encontrarem aquele que lhes interessa porque têm um instrumento que lhes permite pré-visualizar a página e seguir em frente, obviamente isso faz diminuir o tráfego. Isso, só por si, é preocupante principalmente quando já não se é o rei das audiências.

Mas existe outro motivo que, do nosso ponto de vista, também teve peso nesta decisão do Google. As páginas mostradas no Instant Preview sobrepunham-se às páginas apresentadas na coluna direita da pesquisa e que são pagas (e bem pagas) pelos anunciantes... O facto é que as receitas do AdWords baixaram e se a crise económica contribuiu para isso, estamos em crer que o Instant Preview também deu uma ajudinha...

É claro que não se pode esperar que o Google confirme isto, portanto temos que nos contentar com a explicação oficial: O Google Instant Preview foi retirado das pesquisas por causa de uma "muito baixa utilização".

Agora, pensando em termos pragmáticos, isto até pode ser bom para o seu site. Com o abandono do Instant Preview é expectável que os sites que aparecem nas pesquisas venham a sentir um incremento no seu tráfego. Então aqui volta a ser importante a energia que coloca na criação do seu site, bem como em todo o processo de optimização do seu site. É que para o seu site receber cliques nas pesquisas dos motores de busca ele tem que estar visível e aparecer de preferência nas primeiras páginas da pesquisa...

Partilhe

Promova através de QR Codes

Agora que já tem o seu site mobile. está na hora de os usar extensivamente para promoção do seu negócio. As aplicações dos QR Codes são imensas e ainda estão pouco - e em alguns casos mal - exploradas em Portugal. Através da publicação de um QR Code num local de grande visibilidade pode ter milhões de acessos ao seu site mobile ou a uma página específica do seu site em que está a promover um determinado produto. Veja aqui como pode promover os seus produtos através dos QR Codes.

Notícias